Modelagem e qualidade de dados

Modelagem e qualidade de dados sempre me agradou, gosto muito de modelar, arquitetar bancos de dados. Sempre começo a modelagem de um banco, pensando que ele pode e provavelmente irá evoluir. Mas claro, a pós em Business Intelligence (BI) já me mostrou que algumas das minhas verdades absolutas, não valem muito. Nada como um curso em um ambiente muito mais profissional para dar uma balançada.
Um dos pontos fortes dessa matéria, mais uma vez o professor. Carlos Barbiere (Blog) tem um currículo vasto, muito conhecimento e experiência, sem contar a sua enorme didática em sala de aula. Em poucos minutos de aula, ele desperta o interesse pelo que vai ensinar, com exemplos sempre reais e próximos da realidade dos alunos.

Um Data Warehouse (DW) de sucesso, bem estruturado e modelado vai de acordo com as escolhas corretas das estratégias a serem seguidas, de forma que sejam adequadas às necessidades que o (DW) precisa atingir.
Os conceitos de Modelagem Multidimensional, Modelagem Entidade-Relacionamento e Modelagem de Dados Corporativos podem garantia a confiabilidade dos dados e a claro, a qualidade nos resultados apresentados ao usuário.

Livro que recebi em sala e já estou lendo, a cada dia mais entusiasmado com esse mundo do BI.

A primeira aula dele na pós foi ontem, então… À leitura!

Uma foto publicada por Tiago Serra (@asdruboows) em

Banco de Dados

Banco de Dados ou se quiserem base de dados é um mecanismo dos mais importantes dentro dos sistemas de informação, disso, todos que trabalham com desenvolvimento já sabem.

Um banco de dados vem como uma das formas de manter um deposito de dados, que nesse momento, ainda não são tratados como informação.

Antes, o conceito de Banco de Dados era relacionado somente à computação. Mas hoje, eles estão em quase tudo que usamos durante o nosso dia, sim, em quase tudo.
Sua grade de canais na televisão, é um banco de dados. Sua agenda no relogio, também.

Mas aqui, focarei mesmo na computação, que estuda a estruturação de dados e todas as operações que possam ser realizadas sobre estes dados. Operações como consultas, calculos, relatorios e muitas outras.

Um banco de dados pode ser definido como um conjunto de dados, estruturadas. Dados, que em um momento futuro, apóis serem tratados e manipuladas por um software, serão tratados como informações.
Um banco de dados é gerenciado e mantido por meio de um sistema conhecido como Sistema Gerenciador de Banco de Dados (SGBD). Normalmente um SGBD adota um modelo para esses dados, de forma simples, em arquivos.
O modelo de dados mais adotado hoje em dia ó o modelo relacional, onde as estruturas têm a forma de tabelas, compostas por linhas e colunas.

Análise essencial

Uma pequena apresentação que fiz, para meus colegas de trabalho.
A proposta é que a cada semana um analista apresente um tema.
O primeiro foi SCRUM, o segundo Analise Essencial, que eu apresentei e na semana que vem, teremos UML.
Estamos estudando a criação de um modelo de padronização de desenvolvimento de sistemas para a empresa (Strata Engenharia).


“A análise essencial deve começar com o entendimento daquilo que o usuário está solicitando. Este entendimento no primeiro momento, refere-se apenas ao tracejamento dos limites fronteiriços do sistema.”